Estudo: Cânhamo limpa solo contaminado e produz buds com altos níveis de CBD

Cultivo em solo contaminado

Um estudo mostra que o cânhamo limpa solo contaminado, por ser um ambiente mais estressante para a planta ela apresenta um aumento na concentração de CBD e que ainda pode ser adequado seu consumo.

O Estudo

Os pesquisadores usaram seis cultivares (uma variedade de plantas cultivadas por melhoramento seletivo), metade das quais destinadas ao cultivo de fibras e sementes. A outra metade destinava-se à produção de CBD.

As plantas foram cultivadas em dois tipos de solo contaminados e em dois tipos de solo limpo. E também foram cultivadas em dois ambientes diferentes: em estufa (indoor) e ao livre.

O cânhamo cultivado em solo contaminado produziu 2,16% e 2,5% de CBD, enquanto o cânhamo em solo limpo produziu 1,08% e 1,6% nos ambientes externo e indoor.

Outro fato constatado é que além da maior concentração de CBD, os metais pesados absorvidos nas plantas cultivadas nos campos de recuperação de mineração de carvão não estavam presentes no bud, de acordo com um artigo da Leafly.

Sairam Rudrabhata, professor de biologia da Universidade Estadual da Pensilvânia-Harrisburg e um dos principais autores do estudo, disse a Leafly:

“Vimos captação de metal nas folhas e remoção do solo, mas não encontramos vestígios de contaminação nas flores da planta.”

Fitorremediação

A capacidade da cannabis de remover material tóxico do solo – uma técnica chamada fitorremediação – é bem conhecida. A fitorrmediação da cannabis tem sido usada para remover contaminantes radioativos de áreas próximas a usina nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, ativistas esperam conseguir usar o canhamo para remover o plutônio do solo ao redor de uma antiga fábrica de armas nucleares do EUS em Rocky Flats, Colorado.

Mercado de CBD derivado do Cânhamo

O aumento da concentração e pureza da flor de cânhamo em solo contaminado poderá ter implicações para a produção comercial de CBD.

O que não agrada a maioria dos consumidores de CBD nos países onde seu consumo é legalizado e saber que os produtos de CBD são provenientes de solo tóxico.

“A parte principal do mercado provavelmente terá um pouco de medo do cânhamo cultivado em solo contaminado”, disse Chris Boucher, co-fundador da Hemp Industries Association e CEO da Farmtiva.

Fontes: Leafly/New Scientist/The CBD Insider