Como controlar as pragas mais comuns na plantação de maconha?

Como controlar as pragas mais comuns na plantação de maconha?

Um dos aspectos mais desafiadores de cultivar cannabis é previnir, detectar e controlar infestações de pragas.

Se sua planta estiver passando por algum tipo de problema com pragas vamos mostrar algumas dicas que podem te ajudar. A ação rápida é de extrema importância para evitar graves consequências e que em alguns casos podem levar a morte da planta.

Dicas gerais para proteger seu crescimento

Primeiro, vamos falar sobre algumas diretrizes básicas para manter suas plantas saudáveis e livres de pragas.

Prevenção

  • Certifique-se que sua sala de cultivo esteja completamente selada:                                                                Sele quaisquer fendas ou rachaduras, selar portas e janelas e coloque um filtro sobre qualquer entrada de ar.
  • Não deixe suas roupas contaminarem suas plantas:
    Se vocês estiver ao ar livre, troque de roupa antes de entrar na sala de cultivo para evitar que potenciais intrusos tenham acesso.
  • Evite que seus animais de estimação acessem sua área de cultivo:
    Nunca permita que animais de estimação entrem em contato com suas plantas (local de cultivo), pois eles podem carregar todos os tipos de insetos patógenos.
  • Pratique uma boa sanitização:
    Mantenha o local de cultivo limpo, esterilizado, organizado, lave e esterilize todas as ferramentas e recipientes, lave as mãos antes de manusear as plantas.

Agora vamos examinar as três pragas mais comuns e algumas formas mais eficazes de erradicá-las. Use uma lupa e compare com imagens de pragas encontradas na internet, isso vai facilitar a identificação.

Tipos de Pragas

Ácaros Aranha/Aranha Vermelha

Os ácaros ou mais conhecido como aranha vermelha são a praga mais comum associada à cannabis, e também uma das mais potencialmente devastadoras. São pequenos aracnídeos que geralmente vivem na parte inferior das folhas, onde perfuram a superfície das folhas para sugar os sucos da planta.

controlar as pragas mais comuns na plantação de maconha

São muito difíceis de identificar a olho nu, mas folhas infestadas mostram pontilhado em sua superfície superior, pequenos pontos brancos que algumas pessoas podem confundir com mofo ou bolor.

Ácaros aranha também formam pequenas teias, então se você ver algo que se parece com teias de aranha em miniaturas em suas plantas, você pode ter certeza que você tem uma infestação significativa.

Como se livras de ácaros aranhas

Os ácaros-aranhas prosperam e se reproduzem rapidamente em ambientes quentes e secos. Para diminuir a infestação, baixar as temperaturas e elevar a umidade do seu quarto. Embora existam muitos miticidas comerciais disponíveis, a maioria deles é bastante tóxica e nunca deve ser usada em plantas de cannabis.

O piretro, é um inseticida e repelente natural derivado de flores secas de crisântemos que é muito eficaz em matar ácaros.

Três aplicações com intervalos de 5-10 dias devem ser suficientes para eliminar completamente os ácaros. O pretor não é recomendado para plantas com flores.

Nos casos de plantas com flores é recomendado o uso de óleo de neem. Produtos concentrados como azatrol e aramas são populares entre os produtores de cannabis e podem ser utilizados durante todo o ciclo de crescimento, mas tem um custo elevado.

Mosquitos de fungo

Os mosquitos de fungo são moscas de pernas longas, acinzentadas ou pretas, que normalmente têm 2-4mm de comprimento e lembram mosquitos minúsculos. Suas larvas são brancas ou transparentes, com 4-6mm de comprimento, e vivem no meio do cultivo onde se alimenta de raízes, matéria orgânica e fungos.

Foto Reprodução: https://www.leafly.com/news/growing/spider-mites-fungus-gnats-and-root-aphids-how-to-deal-with-these-8b88

Uma infestação severa levara a uma folhagem pálida e uma perda geral de vigor que deixa as plantas suscetíveis a doenças, especialmente o apodrecimento das raízes.

E enquanto mosquitos adultos não danificam diretamente a planta, eles são vetores de doenças, e também facilmente ficam presos em flores resinosas.

Como se livrar de mosquitos de fungos

Mantenha a umidade baixa e certifique-se de mão encharcar a planta, são dicas fundamentais na prevenção de infestações de mosquito de fungo.

A maneira mais eficaz de prevenir ou interromper uma infestação é colocar uma barreira física sobre o meio de cultivo. Uma camada de areia de 5cm e perlita, isso vai impedir que mosquitos adultos depositem ovos na plantação, impedindo a continuidade do ciclo de vida.

Aqui também indicamos como forma de combate o pretor e o óleo de neem, mas devem ser aplicados várias vezes e podem ter efeitos negativos nas raízes das plantas.

controlar as pragas mais comuns na plantação de maconha

Outra opção é utilizar armadilhas com fitas adesivas, elas podem ser usadas para pegar mosquitos adultos antes de colocar centenas de ovos em suas plantas.

Pulgões

Talvez a praga de cannabis mais difícil de eliminar seja a filoxera, ou pulgões – são minúsculos insetos que se alimentam de raízes de plantas.

controlar as pragas mais comuns na plantação de maconha

Com cerca de 1mm de comprimento e variando de cor entre amarelo, verde a laranja acastanhado, os pulgões de raízes podem ser frequentemente confundidos com mosquitos de fungo, pois alguns pulgões adultos desenvolvem asas.

As raízes das plantas ficam amarelas, incham e depois endurecem a medida que os pulgões das raízes se alimentam delas, levando a infecções fúngicas secundárias e pontos mortos na planta.

Eventualmente, as plantas ficarão atrofiadas e os rendimentos serão diminuídos.

Como se livrar de pulgões

Uma vez que a infestação ocorre, pode ser quase impossível eliminar os pulgões das raízes de suas plantas.

O tratamento número um é um inseticida composto do fungo Beauveria bassiana. É um fungo que existe naturalmente nos solos no mundo todo, causa uma doença fatal em vários insetos agindo como um parasita.

controlar as pragas mais comuns na plantação de maconha

Pode ser utilizado em conjunto com óleos cítricos, neem e piretro, mas com cautela para evitar danos à planta. Outra opção são os nematóides predatórios também podem ser bastante eficazes no controle de pulgões de raízes.

Para a compra de produtos, citados acima, que podem ser utilizados para combater as pragas da maconha, clique aqui!

Fonte: Leafly