Quão bom são as luzes de LED para cultivar cannabis?

Tempo de leitura: 6 minutos

Cultivando com LED

Ao longo da última década, a iluminação LED ganhou um pouco de popularidade entre os produtores de cannabis indoor.

Embora os LEDs [diodos emissores de luz] tenham existido desde o início dos anos 60, eles não conseguiram produzir um amplo espectro de cores que agora já são conhecidos pelos fabricantes.

Os LEDs também sempre foram muito caros, tornando uma alternativa não muito viável em comparação as luzes HID [descarga de alta intensidade].

Com o aumento da demanda de hoje por uma iluminação eficiente e baixo custo na conta de energia, os LEDs caíram de preço e aumentaram a qualidade.

Ai vem aquela pergunta: LEDs são adequados para cultivo indoor?

Aqui estão alguns benefícios.

O que foi alterado na tecnologia LED light?

Até os últimos anos, os LEDs tiveram algumas melhorias importantes.

À medida que o mercado se desenvolve tanto para iluminação e iluminação com eficiência energética para o cultivo de cannabis, vimos alguns desenvolvimentos importantes ocorrerem.

É importante notar que nem todos os sistemas LED são iguais e que as melhorias que estamos discutindo provêm dos produtos high-end no mercado.

1. Eficiência Energética

Até alguns anos atrás, a maioria dos LEDs estava usando quase a mesma quantidade de energia para gerar luz que os sistemas de iluminação HID.

Desde então, os LEDs tornaram-se extremamente eficientes em termos de energia, usando cerca de metade da energia dos sistemas HID.

2. Cobertura

Assim como a iluminação HID, os sistemas de iluminação LED são usados para produzir pontos quentes.

Um ponto quente é a onda de luz mais forte no sistema de iluminação, causando assim um crescimento rápido das plantas.

Antigamente os LEDs tinham pontos nas bordas onde se emitiam menos quantidade e luz e calor.

Hoje um bom sistema LED pode direcionar uma fonte de luz uniforme ajudando a evitar pontos quentes e zonas mortas.

3. Espectro de Cor

Os LEDs podem oferecer um espectro completo de luz, o que muitas vezes não é o necessário para para o cultivo de cannabis.

Os sistemas LED de hoje em dia visam obter os melhores espectros de luz que se mostram mais benéficos para o cultivo, o que economiza energia e aumenta a qualidade da cannabis no seu jardim.

Você utiliza LED no seu cultivo? conte-nos um pouco da sua experiência.

Prazeres da Casa - Grow Shop

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>


Os LEDs oferecem duas vantagens principais

  • Liberam comprimentos de ondas específicos e podem ser ajustados à planta e seu estágio de crescimento.
  • Usam até 60% menos energia que lâmpadas tradicionais

LEDs discretos e LED COB central em cada módulo de luz de crescimento

Produção

Enquanto as luzes tradicionais ajudaram uma geração de produtores a fazer seu trabalho com maestria, pergunte a esses mesmos produtores sobre rendimento e provavelmente você ouvirá: – as lâmpadas tradicionais não oferecem um espectro de luz focalizado, o verde das plantas podem acabar se tornando “nervuras” a partir do momento que as plantas se aproximam das luzes, e logo depois podem começar a diminuir ou se afastar do intenso calor.

Em contrapartida, os LEDs fornecem mais luz no espectro precisamente onde as plantas precisam dele.

Enfatizando os azuis e os vermelhos que suportam tanto a fase de vega quanto de flora, os LEDs maximizam a quantidade de luz que pode ser fotossintetizada, permitindo que as plantas floresçam e se espalhem.

Rendimento

Escala de espectros avançada – Complementa os vermelhos e azuis com LED infravermelhos e raios ultravioleta e também uma fonte de espectro completo, criando assim, o que se acredita ser hoje em dia a luz mais avançada para as plantas.

Controle completo do espectro – Permite os produtores personalizar esse espectro através da marcação de entrega de luz usando aplicativos personalizados.

Ótica avançada – Radiação ativa mais consistentes. Isso significa que mais fótons são entregues diretamente a planta proporcionando uma penetração de luz maior.

Custos Reais

Outras luzes podem ser mais baratas que um painel de LED, mas até que ponto?

Custos de energia – Quem cultiva ou já cultivos com HPS e HID sabe que a maior despesa geralmente é a conta de eletricidade. Embora a intensidade das HPS e HID sejam maior, os LEDs usam cerca de metade da eletricidade resultando significativamente em mais luz por watt de potência.

Custos de resfriamento – Como as lâmpadas HPS costumar esquentar muito, tanto elas como as plantas devem ser resfriadas com ventiladores e dependendo da potência da lâmpada se faz necessário o uso de ar condicionado. Em contraste o LED são resfriados internamente o que faz com que você economize dinheiro com eletricidade e possa ter um espaço de cultivo mais silencioso. E como os LED funcionam mais frios, as plantas ficam felizes em ficar por perto deles.

Custos de manutenção – Como estatística podemos comparar a vida útil do LED que gira em torno de 50.000 horas para as 10.000 e 18.000 horas das lâmpadas HID e HPS. Além disso, a eficiência tradicional da lâmpada começa a se degradar imediatamente e diminui rapidamente, enquanto os LEDs mantêm a maior parte de sua potência ao longo de suas vidas.

Custos ambientais – Com sua taxa de vida útil mais rápida, as lâmpadas HID, HPS e também as fluorescentes adicionam mais massa ao aterro sanitário, também adicionam toxinas, incluindo mercúrio. Além disso essas lâmpadas são mais fáceis de quebrar durante o manuseio, causando desperdício e liberando ainda mais toxinas. Como podemos ver ao nosso redor, o desperdício está cada vez maior por parte dos seres humanos. Por exemplo: – no caso das fluorescentes, você precisaria de muitas lâmpadas atingir a eficiência de uma painel LED.

LED´s são Fáceis

Configuração rápida e pouca manutenção

Como a maioria das luzes tradicionais os LEDs são plug and play.

No entanto, ao contrário das outras unidades que exigem necessidades especiais de refrigeração e ventilação, os LED podem ser utilizados logo que forem adquiridos.

Com menores necessidades de eletricidade, é muito provável que você possa configurar sua sala de cultivo usando as tomadas elétricas já existentes.


Espero que tenha gostado do nosso artigo sobre iluminação LED.

Não se esqueça de se inscrever em nossa newsletter para receber novidades.

Prazeres da Casa - Grow Shop

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>


Referências

https://www.leafly.com/news/science-tech/led-lights-for-growing-marijuana-indoors

https://liftedled.com/pages/why-choose-leds